link rel=alternate type=application/rss+xml title=RSS-Feed href=http://www.sindicatocp.org.br/index.php?id=10type=100 /

Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 26.11.2019 14:04
Categoria: Bradesco, Notícias Gerais

Bradesco anuncia fechamento de 450 agências. Sindicatos reivindicam garantia de emprego


 

Bradesco anuncia fechamento de 450 agências.

Sindicatos reivindicam garantia de emprego

Negociação

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) se reuniu ontem (25) com o Bradesco, na matriz localizada no bairro Cidade de Deus, em Osasco, para discutir o fechamento de 450 agências até 2020, anunciado pelo presidente da instituição financeira, Octavio de Lazari Junior no último dia 31 de outubro. O diretor de Recursos Humanos, Victor Rosa, explicou que o Bradesco passa por um processo de reorganização do sistema de atendimento, que resultará no fechamento de agências.

O diretor de RH, que estava acompanhado da gerente de Relações Sindicais, Priscilla Wallace Buck Mosca, e da gerente departamental de RH, Eduara Cavalheiro, assegurou que os funcionários serão realocados. Victor Rosa assumiu compromisso em comunicar aos sindicatos quais agências serão fechadas, logo após a definição. “Diante de uma medida de grande impacto sobre os postos de trabalho, a COE reivindicou garantia de emprego”, ressalta o diretor do Sindicato e representante da Federação dos Bancários de SP e MS na Comissão, Lourival Rodrigues.

O Bradesco fechou 50 agências até setembro e pretender encerrar mais 100 ainda neste ano, e mais 300 em 2020 (totalizando as anunciadas 450), segundo matéria publicada no site da revista Exame (31/10/19). Até setembro, o Bradesco contava com 4.567 agências.

Horário estendido

Quanto à abertura das agências em horários estendidos (até às 20h), entre os dias 2 e 6 de dezembro, para renegociar dívidas em atraso, os representantes do Bradesco esclareceram que o trabalho será voluntário, com pagamento de horas extras. Lourival Rodrigues orienta que qualquer tipo de problema deve ser comunicado ao Sindicato.

 

 

 

Crédito: Contraf-CUT

 

 


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*