Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 24.07.2017 12:45
Categoria: Segurança

Prefeito de Paulínia sanciona lei que obriga bancos a contratar vigilância durante 24h


O prefeito de Paulínia, Dixon Ronan Carvalho, sancionou no dia 13 de junho último a lei nº 3549 que obriga os bancos e as cooperativas de crédito a contratar serviço de vigilância armada para atuar 24h por dia, incluindo finais de semana e feriados. O projeto de lei, que originou a lei sancionada, foi aprovado pelos vereadores em sessão realizada no último dia 24 de abril.

De autoria do vereador Danilo Barros, a lei estabelece que os vigilantes permaneçam no interior das agências, com acesso ao botão de pânico e terminal telefônico para acionar a polícia. E mais: os bancos e cooperativas devem instalar “escudos de proteção ou cabine para vigilantes, câmeras de circuito interno para gravação de imagens de todos os acessos destinados ao público, lugares estratégicos (movimentação de pessoas), entradas e saídas”.

Monitoramento: A proposta defendida pelos sindicatos prevê sistema de gravação eletrônica de imagens, em tempo real, através de circuito fechado de televisão, interligado com central de controle fora do local monitorado. Inclusive consta no modelo de projeto de lei, que trata da instalação de novos dispositivos de segurança nas agências bancárias, apresentado pelo Sindicato às câmeras de vereadores e prefeituras da base em 2011, O citado modelo de projeto de lei foi elaborado pela Contraf-CUT e Confederação Nacional de Vigilantes (CNTV).


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*