Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 21.07.2017 17:11
Categoria: Bradesco

Sindicatos e Fenaban discutem assédio moral


A Fenaban apresentou ontem (20) os dados sobre denúncias de assédio moral via canais específicos (bancos ou sindicatos), durante a terceira reunião realizada neste ano para avaliar o Protocolo para Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho, previsto na cláusula 58ª da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Os sindicatos, mais uma vez, reivindicaram a redução do prazo de apuração das denúncias de assédio moral, de 45 para 30 dias, e a estratificação das denúncias, com os cinco casos mais recorrentes. A Fenaban negou reduzir o prazo de apuração e resiste em estratificar as denúncias. Porém, os bancos se comprometeram em apresentar algumas medidas adotadas com base nas denúncias, na quarta reunião a ser realizada no próximo dia 21 de setembro.

Para o diretor do Sindicato e representante da Federação dos Bancários de SP e MS na reunião Gustavo Frias, “o objetivo dos sindicatos é detectar os problemas. O passo seguinte é a adoção de medidas corretas de prevenção”.

Foto: Jailton Garcia


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*